Conexão com um Volume

Para volumes anexados com Paravirtualizado como tipo de anexo de volume, você não precisa executar qualquer etapa adicional depois de Anexar um Volume, visto que eles são conectados automaticamente. No entanto, para imagens baseadas em Linux, se você quiser montar esses volumes na inicialização da instância, precisará executar etapas adicionais de configuração. Se você especificou um caminho de dispositivo quando anexou o volume, consulte Opções de fstab para Volumes em Blocos Usando Caminhos de Dispositivos Consistentes. Se você não especificou um caminho de dispositivo ou se sua instância foi criada de uma imagem que não suporta caminhos de dispositivo, consulte Opções de fstab Tradicionais.

Para volumes anexados com iSCSI como tipo de anexo de volume, conecte e monte o volume da instância para que o volume seja utilizável. Para obter mais informações sobre opções de tipo de anexo, consulte Tipos de Anexo de Volume. Para conectar o volume, primeiramente anexe  o volume à instância; consulte Anexando um Volume.

Conexão com Volumes Anexados ao iSCSI

Política do Serviço IAM Obrigatória

A conexão de um volume com uma instância não exige uma política do serviço IAM específica. Entretanto, talvez você precise de permissão para executar os comandos necessários no sistema operacional convidado da instância. Entre em contato com o administrador do sistema para obter mais informações.

Pré-requisitos

Anexe o volume à instância para poder conectar o volume ao sistema operacional convidado da instância. Para obter detalhes, consulte Anexando um Volume.

Para conectar o volume, você precisa das seguintes informações:

  • Endereço IP do iSCSI
  • Números de porta do iSCSI
  • Credenciais CHAP (se você tiver ativado o CHAP)
  • IQN

A Console fornece os comandos necessários para configurar, autenticar e fazer log-on no iSCSI.

Conexão com um Volume em uma Instância do Linux
  1. Use a Console para obter os dados do iSCSI que você precisa para conectar o volume:

    1. Faça log-on no Oracle Cloud Infrastructure.
    2. Abra o menu de navegação. Em Infraestrutura Básica, vá para Compute e clique em Instâncias.
    3. Clique no nome da instância para exibir seus detalhes.
    4. Na seção Recursos da página Detalhes da Instância, clique em Volumes em Blocos Anexados para exibir o volume em blocos anexado.

    5. Clique no ícone Ações (três pontos) ao lado do volume no qual você está interessado e, em seguida, clique em Comandos e Informações de iSCSI.

      A caixa de diálogo Comandos e Informações de iSCSI exibe informações específicas de identificação sobre seu volume e os comandos iSCSI que você precisará. Os comandos estão prontos para serem usados, com as informações apropriadas incluídas. Você pode copiar e colar os comandos na janela da sessão da instância para cada uma das etapas a seguir.

  2. Faça log-on no sistema operacional convidado da instância.
  3. Registre o volume na ferramenta iscsiadm .

    iscsiadm -m node -o new -T <volume IQN> -p <iSCSI IP address>:<iSCSI port>

    Uma resposta de registro bem-sucedido se parece com a seguinte:

    New iSCSI node [tcp:[hw=,ip=,net_if=,iscsi_if=default] 169.254.0.2,3260,-1 iqn.2015-12.us.oracle.com:c6acda73-90b4-4bbb-9a75-faux09015418] added
  4. Configure o iSCSI  para estabelecer conexão automaticamente com os volumes de armazenamento em blocos autenticado após uma reinicialização:

    iscsiadm -m node -T <volume IQN> -o update -n node.startup -v automatic

    Observação: Todos os argumentos de comando são essenciais. Sucesso não retorna resposta.

  5. Ignore essa etapa se o CHAP não estiver ativado. Se você tiver ativado o CHAP ao anexar o volume, autentique a conexão iSCSI fornecendo as credenciais CHAP do volume da seguinte forma:

    iscsiadm -m node -T <volume IQN> -p <iSCSI IP address>:<iSCSI port> -o update -n node.session.auth.authmethod -v CHAP
    iscsiadm -m node -T <volume IQN> -p <iSCSI IP address>:<iSCSI port> -o update -n node.session.auth.username -v <CHAP user name>
    iscsiadm -m node -T <volume's IQN> -p <iSCSI IP address>:<iSCSI port> -o update -n node.session.auth.password -v <CHAP password>

    Sucesso não retorna resposta.

  6. Faça log-in no iSCSI:

    iscsiadm -m node -T <volume's IQN> -p <iSCSI IP Address>:<iSCSI port> -l

    Uma resposta de log-in bem-sucedido se parece com a seguinte:

    Logging in to [iface: default, target: iqn.2015-12.us.oracle.com:c6acda73-90b4-4bbb-9a75-faux09015418, portal: 169.254.0.2,3260] (multiple)
    Login to [iface: default, target: iqn.2015-12.us.oracle.com:c6acda73-90b4-4bbb-9a75-faux09015418, portal: 169.254.0.2,3260] successful.
  7. Agora você pode formatar (se necessário) e montar o volume. Para obter uma lista de dispositivos iSCSI montáveis na instância, execute o seguinte comando:

    fdisk -l

    A listagem de volumes conectados é semelhante a esta:

    Disk /dev/sdb: 274.9 GB, 274877906944 bytes, 536870912 sectors
    Units = sectors of 1 * 512 = 512 bytes
    Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
    I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
Dica

Se você tiver diversos volumes que não têm o CHAP ativado, poderá fazer log-in neles todos ao mesmo tempo usando os seguintes comandos:

iscsiadm -m discovery -t sendtargets -p <iSCSI IP address>:<iSCSI port>
iscsiadm -m node –l
iscsiadm -m node –l
Conexão com um Volume em uma Instância do Windows
Advertência

Ao estabelecer conexão com um volume de inicialização do Windows como volume de dados de uma segunda instância, anexe -IsMultipathEnabled $True ao comando Connect-IscsiTarget. Consulte Falha ao anexar um volume de inicialização do Windows como volume de dados a outra instância para obter mais informações.
  1. Use a Console para obter os dados do iSCSI que você precisa para conectar o volume:

    1. Faça log-on no Oracle Cloud Infrastructure.
    2. Abra o menu de navegação. Em Infraestrutura Básica, vá para Compute e clique em Instâncias.
    3. Clique no nome da instância para exibir seus detalhes.
    4. Na seção Recursos da página Detalhes da Instância, clique em Volumes em Blocos Anexados para exibir o volume em blocos anexado.
    5. Clique no ícone Ações (três pontos) ao lado do volume no qual você está interessado e, em seguida, clique em Comandos e Informações de iSCSI.

      A caixa de diálogo Comandos e Informações de iSCSI exibe o endereço IP e a porta de seu volume, que você precisará saber mais tarde nesse procedimento.

  2. Faça log-in na sua instância usando um cliente de Área de Trabalho Remota.
  3. Em sua instância do Windows, abra o Iniciador de iSCSI. As etapas para abrir o Iniciador de iSCSI podem variar, dependendo da versão do Windows.

    Por exemplo: Abra Gerenciador de Servidores, clique em Ferramentas e selecione Iniciador de iSCSI.

  4. Na caixa de diálogo Propriedades do Iniciador de iSCSI, clique na guia Descoberta e, em seguida, clique em Descobrir Portal.
  5. Digite o Endereço IP e a Porta do volume em blocos e, em seguida, clique em OK.
  6. Clique na guia Destinos.
  7. Em Alvos descobertos, selecione o IQN do volume.
  8. Clique em Conectar.
  9. Certifique-se de que a caixa de seleção Adicionar esta conexão à lista de alvos favoritos esteja marcada e clique em OK.
  10. Agora você pode formatar (se necessário) e montar o volume. Para exibir uma lista de dispositivos iSCSI montáveis em sua instância, em Gerenciador de Servidores, clique em Serviços de Armazenamento e Arquivo; em seguida, clique em Discos.

    O disco é exibido na lista.