Alterando a Forma de uma Instância

Você pode alterar a forma de uma instância de máquina virtual (VM) sem precisar reconstruir suas instâncias ou reimplantar seus aplicativos. Isso permite que você expanda seus recursos do serviço Compute para melhorar o desempenho ou reduza a dimensão para diminuir o custo.

Quando você altera a forma de uma instância, isso afeta o número de OCPUs, a quantidade de memória, a largura de banda da rede e o número máximo de VNICs da instância. Se desejar, você poderá selecionar uma forma que use outro processador. Os endereços IP públicos e privados da instância, as anexações de volume e de VNIC permanecem iguais.

Formas Suportadas

A série de formas e a imagem da forma original determinam quais formas você pode selecionar como um destino para a nova forma. Você pode redimensionar instâncias que usem estas formas:

  • Formas padrão e Otimizada de VM:

    Inclui formas nas séries VM.Optimized3, VM.Standard.E4, VM.Standard.E3, VM.Standard.E2, VM.Standard2, VM.Standard3, VM.Standard.B1 e VM.Standard1.

    Para imagens do Linux e do Windows, você pode alterar o número de OCPUs e a quantidade de memória alocada para uma forma flexível. Você também pode alterar uma forma Padrão em uma série para uma forma Padrão em outra série. Por exemplo, você pode alterar uma forma fixa para uma forma flexível.

    Importante

    • Para instâncias do Windows Server 2019 em execução em formas VM.Standard2, você pode alterar a forma para uma nova forma somente dentro das mesmas série.
    • Para instâncias do Windows Server em execução em formas VM.Standard.E3, redimensione a forma para um máximo de 32 OCPUs. Consulte este problema conhecido para obter mais informações.
  • VM.Standard.A1 série: Você pode alterar o número de OCPUs e a quantidade de memória alocada.
  • Série VM.GPU3: Pode ser alterada para qualquer forma na série VM.GPU3.

Estas formas não podem ser alteradas:

  • Série VM.Standard.E2.1.Micro
  • Série VM.GPU2
  • Instâncias de VM que são executadas em hosts de máquina virtual dedicados

Limitações e Considerações

Lembre-se das seguintes informações:

  • A imagem que é usada para iniciar a instância deve ser compatível com a nova forma. Para ver quais formas são compatíveis, execute um destes procedimentos:
    • Na Console, na página Detalhes da Instância, clique no nome da imagem. Em seguida, consulte a lista de formas compatíveis.
    • Usando a API, chame a operação ListShapes e especifique o OCID da imagem como parâmetro.
  • Algumas imagens do serviço Marketplace não podem ser redimensionadas por causa de restrições de licenciamento. Se quiser redimensionar uma imagem do Microsoft SQL Server, entre em contato com o suporte.
  • Você deve ter limites de serviço suficientes para a nova forma. Se você não tiver limites de serviço, a instância permanecerá com a forma original.
  • Diferentes formas são faturadas em taxas diferentes. Quando você alterar a forma de uma instância, será cobrado pelo segundo mais próximo do uso de cada forma que você utilizar. Para obter mais informações, consulte Preços do Serviço Compute e Faturamento de Recursos para Instâncias Interrompidas.
  • Se a instância tiver VNICs secundárias configuradas, talvez seja necessário reconfigurá-las após a reinicialização da instância. Para obter mais informações, consulte VNICs (Virtual Network Interface Cards).
  • Se a instância estiver sendo executada quando você alterar a forma, ela será reinicializada como parte da operação de alteração de forma. Se o shutdown dos aplicativos executados na instância demorar muito, talvez eles sejam interrompidos incorretamente, resultando em dados corrompidos. Para evitar isso, faça shut down da instância usando os comandos disponíveis no SO antes de alterar a forma.
  • Quando você altera a forma de uma série de hardware para outra série, alguns detalhes de hardware como o nome da interface de rede podem mudar. Isso pode causar problemas em alguns sistemas operacionais convidados, especialmente se o SO tiver sido personalizado. Se o SO não inicializar depois da alteração da forma, você deverá alterar a instância de volta para a forma original.
  • Se você criou uma instância regular usando a rede SR-IOV (o padrão para instâncias VM.Standard. E3.Flex) e quiser alterá-la para uma instância expansível, também deverá alterar o tipo de rede para paravirtualizada.

Política de IAM Necessária

Para usar o Oracle Cloud Infrastructure, você deve receber de um administrador o acesso de segurança em uma política . Esse acesso é necessário, quer você esteja usando a Console ou a API REST com um SDK, uma CLI ou outra ferramenta. Caso receba uma mensagem de que você não tem permissão ou não está autorizado, verifique com o administrador o tipo de acesso que você tem e em qual compartimento  trabalhar.

Para administradores: A política em Permitir que os usuários iniciem instâncias de computação inclui a capacidade de alterar a forma de uma instância. Se o grupo especificado não precisar iniciar instâncias ou anexar volumes, você poderá simplificar essa política para incluir apenas manage instance-family e remover as instruções que envolvem volume-family e virtual-network-family.

Se você for iniciante em políticas, consulte Conceitos Básicos de Políticas e Políticas Comuns. Para obter material de referência sobre como gravar políticas para instâncias, redes na nuvem ou outros recursos da API de Serviços Básicos, consulte Detalhes para os Serviços Básicos.

Pré-requisitos

Usando a Console

  1. Abra o menu de navegação e clique em Compute. Em Compute, clique em Instâncias.
  2. Clique na instância em que você está interessado.
  3. Clique em Editar.
  4. Clique em Editar forma. Em seguida, selecione a forma para a qual você deseja dimensionar. As seguintes opções estão disponíveis:
    • AMD: As formas flexíveis que usam processadores AMD de geração atual e têm um número personalizável de OCPUs e quantidade de memória.
      • Para Número de OCPUs, escolha o número de OCPUs que você deseja alocar para essa instância arrastando o controle deslizante. Você pode selecionar de 1 a 64 OCPUs.
      • Se quiser que esta seja uma instância expansível, marque a caixa de seleção Expansível. Em seguida, na lista Linha de base expansível por OCPU, selecione a utilização da OCPU da linha de base para a instância. Esse valor é o percentual de OCPUs que você deseja usar a maior parte do tempo.
      • Para Quantidade de memória (GB), escolha a quantidade de memória que você deseja alocar para esta instância arrastando o controle deslizante. A quantidade de memória permitida é baseada no número de OCPUs selecionadas. Para obter mais informações sobre a memória mínima, a memória máxima e a proporção de memória para OCPUs para essa forma, consulte Formas Flexíveis.
      Os outros recursos são dimensionados proporcionalmente.
    • Intel: Formas padrão e otimizadas que usam processadores Intel de geração atual. Formas flexíveis têm um número personalizável de OCPUs e quantidade de memória.
      • Para Número de OCPUs, escolha o número de OCPUs que você deseja alocar para essa instância arrastando o controle deslizante.
      • Para Quantidade de memória (GB), escolha a quantidade de memória que você deseja alocar para esta instância arrastando o controle deslizante. A quantidade de memória permitida é baseada no número de OCPUs selecionadas. Os outros recursos são dimensionados proporcionalmente.
      Para obter mais informações sobre a memória mínima, a memória máxima e a proporção de memória de OCPUs para essas formas, consulte Formas Flexíveis.
    • Especialidade e geração anterior: Configurações padrão com processadores Intel e AMD de geração anterior.
  5. Clique em Salvar alterações.

    Se a instância estiver em execução, ela será reinicializada.